Soluções financeiras para loteadores: como gerenciar os recursos de forma eficiente?

A ausência de recursos financeiros para dar continuidade às obras é um problema que pode afetar os processos de vendas e a credibilidade de uma loteadora. Por isso, é fundamental fazer o controle de custos e o monitoramento do fluxo de caixa da empresa para conseguir obter a confiança de investidores e encontrar soluções financeiras para loteadores.

Para tanto, elaboramos um guia para orientá-lo sobre as melhores práticas para administrar os recursos a fim de favorecer o crescimento do negócio. Acompanhe!

Por que controlar as finanças da empresa?

A gestão financeira eficiente é o princípio básico para a sustentabilidade de uma loteadora. Ela permite calcular a margem de lucro, equilibrar gastos e acompanhar a situação atual do negócio.

Além disso, uma empresa com uma boa administração recebe mais confiança de investidores. Desse modo, possibilita a captação de recursos para desenvolver o negócio e aumentar o faturamento.

Ademais, o administrador que não se preocupa com a gestão financeira corre os seguintes riscos:

  • favorecer a inadimplência de clientes;
  • ficar sem capital de giro;
  • aplicar preços inadequados para a venda de lotes;
  • desconhecer o valor patrimonial da empresa;
  • levar o negócio à falência.

Por isso, é fundamental compreender que todos os processos estão relacionados ao controle financeiro: contratação de funcionários, vendas, materiais necessários para construção, entre outros. Veja a seguir como fazer uma gestão financeira eficiente!

Como administrar os recursos para garantir a continuidade das obras do loteamento?

Para garantir o gerenciamento financeiro, é fundamental ficar atento às seguintes questões:

Registre os custos fixos e variáveis

Os custos de uma empresa envolvem todos os gastos relativos à atividade. Eles são separados entre fixos e variáveis.

Nesse sentido, os custos fixos envolvem as contas mensais como: aluguel, salário de funcionários, energia elétrica, entre outras. Já os custos variáveis são os investimentos necessários para a continuidade da atividade como: compra de material para obras e serviço de construção.

Portanto, é preciso fazer um registro de todos os gastos para ter um conhecimento efetivo sobre a gestão do negócio. Assim, é possível compreender quais custos são fundamentais e quais podem ser reduzidos, evitando o desperdício.

Conheça o seu fluxo de caixa

É imprescindível monitorar o fluxo de caixa diariamente. Para tanto, deve-se registrar todos os pagamentos realizados, os recebimentos, as contas a pagar e receber.

Com o fluxo de caixa, é possível projetar os próximos gastos, como também visualizar os recursos disponíveis para aumentar o negócio ou fazer as implementações necessárias.

Fique atento às mudanças do mercado

O diretor também deve conhecer as alterações no mercado que podem impactar no seu negócio. Para isso, precisa ficar atento às notícias e cenários econômicos do país e do mundo.

Por exemplo: qual a influência do aumento da taxa de juros para seu empreendimento? Se houver mudanças na cobrança de impostos sobre materiais de construção, como isso afetará os custos da sua empresa e quais as mudanças necessárias?

Separe o dinheiro pessoal do empresarial

Um erro muito comum em negócios familiares é o uso do dinheiro da empresa para situações pessoais. Isso prejudica o controle do fluxo de caixa e o cálculo dos custos da atividade.

Por isso, é fundamental criar contas separadas para a pessoa física e jurídica e estabelecer um pró-labore para o proprietário, sócio ou administrador do negócio. Essa medida simples evitará problemas de caixa no futuro e garantirá o sucesso da sua loteadora.

Faça um demonstrativo de resultados (DRE)

O DRE é a compilação das informações financeiras em uma mesma planilha a fim de fornecer dados detalhados sobre o resultado do exercício da empresa.

A demonstração de resultados do exercício é um relatório fundamental para avaliar a saúde financeira do negócio, a capacidade de geração de lucro e as modificações necessárias para alcançar melhores resultados.

Ela avalia todas as etapas que compõem o resultado líquido, permitindo tanto uma avaliação da companhia como da eficiência dos gestores. Sendo assim, ela possibilita que o administrador tenha decisões estratégicas com base na análise do relatório. Para tanto, a planilha deve conter as seguintes informações:

  • total da receita de vendas;
  • custos fixos e variáveis;
  • tributos pagos;
  • depreciação ou amortização;
  • resultado líquido.

Faça um planejamento e estabeleça metas

Ao fazer a análise do demonstrativo de resultados, o administrador tem capacidade de estabelecer um direcionamento para a loteadora e criar metas a médio e longo prazo.

Para isso, pode fazer um direcionamento estratégico, indicando a direção a ser tomada, os projetos operacionais que precisam ser implantados e os prazos para a execução de cada etapa.

Desse modo, a loteadora tem um estímulo para acompanhar as mudanças no mercado, evitar a estagnação e aumentar as vendas.

Trabalhe em parceria com o contador

O administrador precisa compreender que o contador pode ser um parceiro para seu negócio. Ele é o profissional especializado que pode contribuir com orientações sobre apuração correta de impostos, provisionamento de despesas e análise de resultados.

Caso o gestor tenha dúvidas sobre seu balanço patrimonial, por exemplo, o contador é a pessoa certa para dar as devidas explicações sobre o assunto.

Quais são as soluções financeiras para loteadores?

Ao aperfeiçoar a gestão do negócio, o diretor tem maior capacidade para buscar soluções financeiras para a loteadora.

Por exemplo: ao solicitar crédito para o segmento de loteamento, o administrador não precisa investir recursos próprios. Com isso, diminui os riscos de faltar dinheiro em caixa para as operações básicas do dia a dia.

Desse modo, ele investe capital de forma inteligente e sustentável, por meio do pagamento facilitado que permite o crescimento dos negócios.

Como consequência, a loteadora tem recursos para aplicar na infraestrutura do empreendimento e garantir a entrega dentro do prazo prometido ao cliente. Ademais, a empresa aumenta a sua credibilidade no mercado, cresce de forma acelerada e aumenta a rentabilidade do seu capital.

Diante disso, é possível perceber que, ao controlar o fluxo de caixa e conhecer os custos, o administrador tem mais chances de fazer o negócio crescer.

Gostou de conhecer as soluções financeiras para loteadores? Cadastre-se na nossa newsletter e receba informações sobre o mercado imobiliário em seu e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website