Por que uma avaliação financeira é fundamental antes de realizar um empréstimo?

Manter um negócio é decididamente uma tarefa desafiadora. É necessário seguir uma série de procedimentos, cálculos e fazer estimativas para manter a saúde financeira do empreendimento. Porém, em certos momentos, a corporação pode precisar de uma injeção de capital para se ampliar e maximizar sua lucratividade. Nessa situação, contratar um crédito não bancário pode ser uma excelente alternativa.

Porém, antes de realizar essa medida, a companhia precisa tomar alguns cuidados. Um deles é a realização de uma avaliação financeira, um processo que objetiva analisar a situação atual da empresa, de forma que você saiba qual o montante que realmente está precisando para alavancar seus negócios.

Quer saber por que uma avaliação financeira é fundamental antes de realizar um empréstimo? Confira o nosso post!

O que é uma avaliação financeira?

A avaliação financeira é um estudo completo das finanças, com o objetivo de estimar quanto o empreendimento vale. Nesse processo, você considera o fluxo de caixa, o patrimônio, os valores a serem recebidos, o cenário em que a corporação se encontra, além de uma taxa de desconto, necessária devido ao risco de investimento.

Esse processo permite aos gestores terem uma percepção de mercado sobre a empresa, de modo a formarem uma visão ampla e íntegra do estado da organização. Essas informações são necessárias para uma série de procedimentos com o capital. Para a obtenção de um crédito não bancário, esse processo é fundamental. Para entender melhor os motivos, continue acompanhando o conteúdo!

Qual a importância da avaliação financeira antes de realizar um empréstimo?

A avaliação financeira antes de realizar um crédito não bancário é um procedimento muito importante. Entenda mais a seguir!

Desenvolver uma perspectiva tangível e sólida

Ter uma boa visão da realidade da empresa é fundamental para estabelecer uma perspectiva tangível das atividades que você pode realizar. Quando gestores superestimam seus negócios, eles realizam investimentos muito além do que é possível. Ferir limites dessa forma traz uma série de prejuízos, podendo inclusive levar a organização à falência.

Subestimar o empreendimento também não é uma boa prática. Afinal, há muita potencialidade sendo desperdiçada nesse esquema de funcionamento.

O fundamental é estabelecer uma perspectiva tangível do negócio, por meio de uma avaliação financeira bem fundamentada. Assim, a companhia pode ter mais sucesso em sua trajetória.

Ter vantagem competitiva

Pedir um empréstimo também é uma questão estratégica, focada em maximizar os ganhos da empresa e em alcançar uma boa posição no mercado. Para isso, é fundamental que a corporação conheça suas variáveis financeiras e tenha consciência do seu valor.

Isso favorece os processos decisórios, auxiliando na realização de estimativas, no conhecimento de variáveis e na elaboração de propostas corretivas diante de problemas. A informação pode potencializar as atividades no negócio, garantindo um melhor desempenho diante das concorrentes no mercado.

Além disso, com a análise financeira, será possível estabelecer qual é o investimento adequado para a organização. Ao injetar esse capital na empresa, você poderá realizar as medidas para promover melhorias e a ampliação do negócio.

Negociar com investidores

Para negociar com investidores, é fundamental que você detenha um amplo conhecimento das variáveis financeiras da sua organização. Da mesma forma que para vender um produto é necessário conhecê-lo, conseguir investimentos para a sua corporação demanda que você possa fazer uma apresentação convincente sobre o negócio.

O crédito não bancário é um serviço de alta qualidade, realizado por meio de planejamentos conjuntos entre o gestor e a companhia de investimento, e é muito mais vantajoso que utilizar o seu próprio dinheiro. Isso garante que o empréstimo seja um procedimento seguro e que gere bons resultados. Mas, para isso, é fundamental apresentar informações íntegras sobre a sua empresa.

Realizar uma estimativa adequada de valores para empréstimo

Com a avaliação financeira, é possível quantificar o montante que é efetivamente necessário. Se você pede um empréstimo que está abaixo do que a sua empresa precisa, você não consegue realizar todos os investimentos planejados. Já ao contratar crédito em excesso, há um prejuízo elevado para as finanças da corporação.

Ao realizar uma análise da situação do negócio, considerando o fluxo de caixa e o estado do mercado atual, você amplia suas possibilidades de ação e pode planejar estratégias e melhorias. Com isso, é possível fazer investimentos com mais consciência, definindo valores apropriados para o crédito não bancário.

Fazer a estimativa das consequências

O crédito não bancário é uma ótima proposta para o negócio, mas essa medida deve ser uma opção bem pensada, pois ela tem suas consequências. É fundamental estipular limites que possam ser amortizados no período de contrato.

Com a avaliação financeira, você tem mais facilidade em estimar os montantes que serão recebidos. Assim, é possível fazer um empréstimo que cabe no orçamento da corporação. Sem esse procedimento, você corre o risco de formar dívidas não pagáveis, dificultando a situação do empreendimento. Assim, o que seria para fazer a corporação crescer se torna um problema.

No entanto, realizando a análise das finanças, você poderá estipular os valores de que precisa e equilibrar essa necessidade à sua capacidade de amortização da dívida. Assim, sua organização poderá ter mais crescimento.

Fazer um empréstimo para potencializar seu empreendimento pode ser uma excelente proposta. Porém, é importante realizar essa medida de forma consciente e bem calculada. Para isso, há a avaliação financeira. Ela é um processo em que você faz uma avaliação para compreender como está a situação atual do empreendimento. Para isso, você considera o balanço patrimonial, DRE e o fluxo de caixa.

Essa análise é fundamental antes da realização de um empréstimo não bancário para que você tenha mais propriedade para dialogar com a financiadora e seja possível estimar como a operação de crédito afeta os números da empresa. Além disso, será viável planejar a destinação dos recursos. Assim, permite que o gestor desenvolva uma perspectiva realista da situação de sua corporação, o que ajuda na tomada de decisões.

Outra grande vantagem é que, com a análise financeira, é possível estabelecer valores apropriados, sem pedir um crédito além do necessário ou menor do que é preciso. Com isso, você tem mais facilidade nos investimentos e pode amortizar a dívida de forma segura.

E então, gostou de saber o porquê da avaliação financeira ser fundamental para realizar um empréstimo? Aproveite e acompanhe outros conteúdos que publicamos no LinkedIn!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website