Entenda toda a burocracia da obtenção de crédito bancário

Dependendo de como estiver o cenário econômico do país, pode ser muito difícil para pequenas e médias empresas conseguirem crédito bancário para seus negócios. Os principais fornecedores são as instituições bancárias, que tornam o processo de concessão burocrático para essa parcela de empreendedores.

A escassez de crédito, os procedimentos longos e difíceis, somados às altas taxas de juros, fazem da obtenção do financiamento por micro e pequenos empresários mais uma batalha.

Com todos esses obstáculos, ainda assim é possível manter a empresa ativa e conseguir crédito, por meio de outros recursos, como as gestoras de ativos e fundos de investimento. Conheça mais sobre essas instituições e como conseguir crédito para sua empresa.

Escassez do crédito para pequenas e médias empresas

Com o cenário crítico da economia, os bancos assumiram uma postura reservada, em que limitam o crédito para pequenas e médias empresas.

Um estudo realizado pelo SEBRAE revelou que menos da metade dos empreendedores que buscam a concessão de empréstimo nas instituições financeiras obtém sucesso na contratação. Uma média de apenas 24% consegue o empréstimo desejado.

O principal motivo que leva os pequenos empresários a buscarem crédito nos bancos é elevar o capital de giro da empresa. Para se manterem no mercado, muitos desses microempresários chegam a recorrer ao cheque especial e aos cartões de crédito.

No fim das contas, com a brusca queda da economia, muitos pequenos e médios negócios fecharam as portas por não possuírem recursos suficientes para continuar seguindo em frente.

Em São Paulo, segundo o site Pequenas Empresas & Grandes Negócios, o setor que mais sofre com falta ou redução do crédito é a indústria. No estado citado, de 430 empresas analisadas, cerca de 12% tiveram o pedido de financiamento recusado e pouco mais de 25% teve apenas 60% do valor requerido.

O elevado endividamento das empresas faz com que os bancos recuem ou
ofereçam condições mais “apertadas”, como elevados juros e pequenos prazos
para pagamento.

Burocracias para conseguir crédito nas instituições bancárias

No momento de buscar crédito, os empresários se deparam com uma enorme quantidade de processos e documentos. 

Não basta ter um CNPJ e a inexistência de restrições para conseguir crédito nos bancos, é preciso apresentar uma série de documentos, além de comprovações de condição financeira para quitar seu financiamento posteriormente.

Entre os documentos comuns exigidos para a concessão de crédito pelos bancos estão:

  • contratos com clientes e fornecedores: esses contratos fornecerão um panorama dos investimentos feitos pela empresa e sua capacidade de capital de giro;
  • capacidade de produção da empresa: apresentação de relatórios das atividades, forma de também comprovar a capacidade de capital futuro a ser gerado e, com isso, analisar se terá ou não condições de pagar os valores recebidos;
  • plano de negócio da empresa: sim, os bancos vão querer saber quais são os planos do empreendedor para a empresa no futuro. Existem perspectivas e visão de crescimento?
  • histórico de crédito: histórico contendo todas as entradas e saídas de capital, fluxo de caixa, dívidas anteriores e a pagar. Esse documento é uma espécie de comprovante da responsabilidade financeira da empresa;
  • declarações tributárias: uma forma de comprovar se a empresa está ou não envolvida em fraudes. É exigir a apresentação de um histórico tributário, com todas as suas declarações de impostos.
  • seguro empresarial: alguns bancos podem exigir até a realização de um seguro como garantia, uma forma de diminuir os riscos de uma eventual inadimplência.

Além disso, esses documentos exigidos pelos bancos geram custos para os empresários, que precisam, muitas vezes, pagar para obtê-los nos órgãos responsáveis.

Outra questão que endossa a burocracia de concessão de crédito são os prazos, tanto para conseguir a documentação quanto para a avaliação do banco, que pode requerer novas análises e outros documentos a qualquer momento.

Isso reduz ainda mais o sucesso da obtenção de crédito pelas micro e pequenas empresas, que geralmente buscam por crédito rápido para manter o negócio ativo e não baixarem a qualidade de seus serviços.

Alternativa para a obtenção de crédito

Algumas das alternativas, fora das grandes instituições bancárias para a concessão de crédito, são as gestoras de ativos e as companhias de investimentos especializadas em financiamento.

Com uma taxa de juros menor, os recursos são mais atrativos tanto para investidores quanto para empreendedores, que buscam crédito rápido para suas empresas.

Companhias de investimentos focadas em crédito privado utilizam integração de análise de risco e tecnologia, abrangendo machine learning e big-data. Isso permite oferecer crédito com menores taxas e, portanto, mais acessíveis.

Outro fator que contribui para o aumento da busca de crédito nas companhias de investimentos especializadas é a burocracia simplificada. O objetivo dessas companhias é o crescimento e a fomentação do negócio dos empresários. Com isso, ciente da urgência para receber os valores, tem como princípio a simplificação e a celeridade do trâmite burocrático.

Conheça algumas das linhas de crédito que podem ser oferecidas:

Crédito para varejo

Empresas varejistas podem usufruir dessa opção de crédito, com o qual pagarão um percentual das vendas diárias. A grande vantagem em aproveitar essa opção está na cobrança de acordo com as vendas. Consequentemente, paga-se menos quando vende-se menos, e isso reduz as dificuldades de adimplemento.

Crédito imobiliário

Disponível exclusivamente para loteadores e incorporadoras, essa modalidade pode ser utilizada para diversos fins, desde financiamento de loteamentos residenciais até giro de estoque.

Crédito saúde

É prestador de serviços de saúde, precisa de recursos para investir em equipamentos ou em seu próprio negócio? Essa pode ser a solução ideal. Os valores podem ser utilizados para:

  • reforma ou ampliação das instalações físicas;
  • compra de equipamentos;
  • cobrir descasamento de caixa por atraso de repasses;
  • compra de insumos hospitalares.

É fato que, com a redução da concessão de créditos pelas instituições bancárias, altas taxas e burocracia, a melhor decisão pode ser procurar por alternativas viáveis, como as empresas especializadas em créditos privados e, com isso, manter o negócio ativo e bem estruturado.

O que acha de ficar atualizado com as melhores opções de créditos empresariais e saber mais sobre o crédito bancário? Então assine agora mesmo a nossa newsletter!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website